sexta-feira, 6 de janeiro de 2012

Nosso Começo

Bem...faz um certo tempo que estou ensaiando esse blog, e chegou a hora de nos divertirmos um pouco; mas daí surgem os comentários: "Mais um blog de receitas italianas", "Isso já está meio batido"...é, na verdade é um blog de receitas sim, italianas sim, mas não é só isso.

Sempre gostei de entender algumas coisas antes de começar a fazê-las, saber como começaram, suas tradições, os porquês disso ou daquilo, as vidas que se envolveram nessas tramas; e na cozinha não poderia ser diferente.
Cozinhar é mais uma das minhas paixões...e paixões sempre terão seus segredos; nosso desafio aqui é dividir com cada um dos amigos esses pequenos segredos, que no final do dia fazem a diferença total entre um bom prato e um prato espetacular. São os pequenos segredos que não se conta nos livros, e que são aprendidos pelos erros ou pelas tradições; confesso que tive o privilégio de aprender com os dois.

Venho de uma família italiana bastante simples, por isso cresci dentro de uma cozinha - não me perguntem desde que idade; certo é que o lado sedutor de tudo isso foi o contato prematuro com os cheiros, com os preparos, com ingredientes, com sucessos e fracassos gastronômicos, e ao mesmo tempo com a alegria sem limites, vingança doce dos tempos difíceis.

Sinto, como se tivesse sido ontem, o cheiro da polenta ao ragù de linguiça invadindo a igreja já em final de missa de Domingo, sendo preparada para um verdadeiro exército e instigando crianças, adultos e o primo padre, como um prenúncio de que a festa em família seria inesquecível. São esses os momentos que tentamos congelar, certamente na tentativa de evitar que parte de nós nunca morra.

Aqui, nesse "Nosso Começo", deixo o primeiro dos segredos: Cozinhe com paixão !!; se você estiver preocupado (a) com o trabalho que terá, com as louças que vai sujar, com o tempo que perderá cozinhando, então por favor, não comece. Cozinhar é doação. Não tenha medo de escolher e tocar os alimentos, faça desse momento uma verdadeira comunhão.

E como diriam no Vêneto: Chi xe visin a la cusina, magnia la minestra calda !! (Aquele que está próximo da cozinha é quem toma sopa quente).

Um comentário:

  1. Parabéns pela iniciativa Rafa !!

    Abs

    F. Rodini

    ResponderExcluir